Varzim queria AG no estádio mas delegado de saúde não concordou

O Varzim foi forçado a suspender a Assembleia Geral Extraordinária prevista para este sábado à tarde no estádio. A revelação aos associados chegou, ao início da noite de sexta-feira, via comunicado oficial assinado pelo presidente da Assembleia. António Moura Gonçalves justifica que a “decisão decorre do parecer negativo emanado pelo delegado de saúde concelhio, para a realização da mesma, em virtude da pandemia Covid-19, independentemente das condições de segurança e higiene necessárias estarem por nós garantidas”. O dirigente revelou também que a instituição decidiu respeitar o parecer e cancelar o evento. A ordem de trabalhos tinha como ponto único a fixação dos montantes das quotizações para as várias categorias e classe de associados para a época desportiva de 2020/2021, reservando também um período para a discussão de outros assuntos de interesse do Varzim Sport Club.

Jornalista Onda Viva

Anterior

Ranking das Escolas: veja as médias dos estabelecimentos de ensino da região

Próximo

Póvoa e V.Conde sem novos casos, mas edil de Esposende avança com dois

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *