Santuário de Alexandrina começa a acolher fiéis em Balasar

Os responsáveis do Santuário da Beata Alexandrina anunciaram que “é hora de ir recomeçando”. O primeiro gesto foi abrir as portas e atender as pessoas, fazendo um apelo a todos os peregrinos para que cumpram as orientações de segurança dadas pela DGS e as orientações do Santuário. Neste sentido, a reabertura sucedeu este domingo, das 8h às 10h30 e das 15h às 18h. A partir de agora, nos dias de semana, a igreja estará aberta das 9h às 11h e das 15h às 18h. Eis as orientações a seguir: cumprir as normas escritas no cartaz à entrada e dentro da igreja; obrigatório usar máscara; o número de presenças na igreja nunca pode ultrapassar dez pessoas; não se pode trazer para dentro da igreja objetos, ou similares, mesmo promessas; não é possível tocar em imagens ou similares; a loja da igreja estará aberta de forma condicionada; a entrada na igreja será pela porta principal e a saída pela lateral junto da receção. No que diz respeito às celebrações, durante este mês de maio não haverá missas comunitárias, que só estão previstas para o mês de junho. Apenas irão decorrer celebrações à porta fechada, sem a presença de fiéis, com transmissão na internet. O sacramento da confissão será possível todos os dias (exceto ao domingo à tarde e à segunda-feira) sempre que o sacerdote esteja disponível, sendo conveniente marcar pelo telefone 252 951 601. Por fim, refira-se que Casa da Beata Alexandrina, considerada museu, abrirá a partir do dia 18 de maio, caso não haja indicações em contrário e com orientações restritas. 

Jornalista Onda Viva

Anterior

Subida de casos na P.Varzim e em V.Conde, mas Esposende mantém

Próximo

Jovem em estado grave após chocar de bicicleta com carro que fugiu

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *