S. João vai ser festejado sem aglomerações

O programa possível das festas de São João em Vila do Conde foi apresentado pela Câmara Municipal. Não será nos moldes de outros anos, devido à pandemia da Covid-19 e às recomendações da Direção-Geral de Saúde, mas nem por isso a cidade deixará de festejar o santo popular, mantendo o bairrismo habitual ainda que de forma diferente. A colocação de enfeites já é visível nas ruas, seja em algumas casas ou nas varandas dos edifícios municipais. No dia 15 será içada a bandeira na Igreja Matriz. Os habituais Cantares protagonizados pelos ranchos do Monte e da Praça serão transmitidos através da página de Facebook da Câmara no dia 17. As novas tecnologias vão também servir para lembrar Marchas Luminosas de outros anos no dia da noitada. A exposição “Memórias de S. João”, com cartazes desde 1933 até à atualidade, estará espalhada no mobiliário urbano da cidade. Quatro cascatas também irão abrilhantar a festa: a do Monte, a da Praça, a da Praça da República e outra no interior da Câmara Municipal. Também está prometido um pequeno fogo-de-artifício no estuário do rio Ave num horário surpresa, mas desta feita não haverá ida dos ranchos à praia, procissão ou carrosséis para evitar o ajuntamento de pessoas. A autarca Elisa Ferraz já desafiou todos os vilacondenses a festejarem em casa, desejando que a normalidade possa voltar em 2021. 

Jornalista Onda Viva

Anterior

Miguel Peliteiro já saiu dos cuidados intensivos

Próximo

CDP agradece a quarteto que não vai continuar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *