Retoma da atividade vai sendo feita

A retoma da atividade nas Unidades de Saúde Familiar tem sido mais lenta que o desejado pelos utentes. Miguel Fernandes, coordenador da USF Terra e Mar, localizada em Aver-o-Mar, reconhece que as limitações de espaço nas salas de espera obrigam a alguma contenção no atendimento devido à falta de condições. O médico sublinha ainda que a prioridade nas consultas presenciais deve ser dada a crianças e grávidas, idosos e pessoas com mobilidade reduzida. O profissional de saúde salientou também que nunca deixou de atender as pessoas, numa primeira fase mais de forma telefónica, mas agora cada vez mais de forma presencial. Nesta fase de retoma progressiva da atividade, o desejo de Miguel Fernandes é que os médicos de família atendam o máximo de pessoas possível, sobretudo antes da chegada de novo período de tempo frio que poderá trazer complicações a vários níveis. Por esse motivo é que o médico recomenda a vacinação contra a gripe muito em breve para evitar confusões com a suspeita de contágio pelo novo coronavírus. Estas declarações do médico Miguel Fernandes foram proferidas à margem da última reunião do executivo municipal onde desempenha funções de vereador eleito pelo Partido Socialista.

Jornalista Onda Viva

Anterior

Vila do Conde com 173 casos ativos de Covid-19

Próximo

Avançam novos passeios e estacionamento

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *