Prisão preventiva para agressor de companheira

O Comando Territorial do Porto da GNR, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas, deteve um homem de 27 anos, por violência doméstica, na localidade de Azurara, concelho de Vila do Conde. Na sequência de uma investigação pelo crime de violência doméstica, que teve a duração de cerca de uma semana, os militares apuraram que o suspeito terá dirigido injúrias, ameaças e agressões físicas e sexuais à vítima, a companheira com 26 anos, durante seis anos de relacionamento. O agressor, consumidor de estupefacientes, era uma pessoa agressiva, tendo destruído objetos da residência, atacando quem lhe fizesse frente. As autoridades sublinham que num dos episódios de violência, a vítima chegou a ser agredida com murros e empurrões, sendo reiteradamente ameaçada de morte. Perante os factos, o suspeito foi detido na passada sexta-feira, tendo sido presente a primeiro interrogatório judicial nesse mesmo dia 10, no Tribunal de Instrução Criminal de Matosinhos, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Jornalista Onda Viva

Anterior

CHEGA chega à Póvoa de Varzim com Fernando Arriscado

Próximo

Reabilitação do parque de estacionamento custa quase um milhão

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *