Macieira e Mosteiró com investimento superior a um milhão de euros

A Câmara de Vila do Conde promoveu a apresentação pública dos projetos de requalificação dos largos de Vilarinho e da Lameira. O primeiro decorreu na Sede do Grupo Folclórico de S. Salvador de Macieira e contou com a presença do Presidente da Junta de Freguesia, Filipe Santos. O segundo aconteceu no Salão do Espaço Social e Cultural de Mosteiró e também contou com a participação do autarca local, Amândio Couteiro. Ambas as obras estão inseridas em áreas de reabilitação urbana. A edil Elisa Ferraz aproveitou os momentos para explicar o intuito das intervenções nos dois lugares centrais das respetivas freguesias.
Segundo a autarquia, o projeto do Largo de Vilarinho (onde se realiza, por exemplo, uma feira de velharias no segundo domingo de cada mês) respeita a identidade do lugar e a valorização do legado histórico de Macieira, fortalecendo a sua centralidade e transformando-o num espaço de convívio e lazer da população. Esta intervenção dará prioridade à mobilidade pedonal, eliminando as barreiras arquitetónicas e criando uma envolvente adequada, segura e agradável para os peões. A obra vai custar cerca de 470 mil euros e tem comparticipação de fundos comunitários.
O projeto do Largo da Lameira pretende, de acordo com a informação municipal, contribuir para a regeneração e qualificação urbana daquela área central, que constitui uma importante referência no tecido urbano da freguesia de Mosteiró, bem como promover a melhoria da qualidade e funcionalidade do espaço público, além do reforço da mobilidade e da acessibilidade, preservando e valorizando a identidade do lugar. A empreitada tem o valor de 556 mil euros e será suportada por fundos comunitários.

Jornalista Onda Viva

Anterior

Tenente médica poveira regressa de missão bem sucedida no Afeganistão

Próximo

Bombeiros poveiros ajudam em Vila Real e em Vila do Conde

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *