Hospitalização Domiciliária chega à Póvoa de Varzim e V.Conde

O Centro Hospitalar Póvoa de Varzim – Vila do Conde apresentou esta terça-feira a nova Unidade de Hospitalização Domiciliária. Trata-se de um serviço de internamento que integra uma equipa constituída por médicos internistas e enfermeiros que irão a casa das pessoas que forem sinalizadas para continuarem o tratamento à doença em casa, sem necessitar de estar no hospital, desde que reúnam um conjunto de condições que serão avaliadas segundo critérios como a patologia em questão, a habitação da pessoa e a necessidade de um cuidador. O projeto pioneiro a nível local arranca na próxima segunda-feira (dia 21) e tratará nesta primeira fase 5 doentes de cada vez, revelou José Gaspar Pais, que destaca “a segurança que confere ao utente”, dado que limita o risco de infeções. O presidente do conselho de administração admite que o projeto, que já existe noutros hospitais do país, deveria ter arrancado no Verão, mas foi adiado devido à pandemia da Covid-19 e a absorção de muitos especialistas em medicina interna, estando agora pronto a iniciar numa altura especial como é o Natal, sendo o desafio crescer, a médio prazo, no número de profissionais ao serviço e no número de pessoas a tratar no domicílio. O grupo de trabalho inicial integra Luís Matias como gestor, a médica Luísa Eça Guimarães como coordenadora e as enfermeiras Maria José, Ana Catarina Lourenço e Emília Rocha.

Jornalista Onda Viva

Anterior

Incidência cumulativa baixa, mas risco extremo mantém-se

Próximo

GNR interrompe captura ilegal de meixão no Rio Ave

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *