Foco em V.Conde e Póvoa: 12 casos em conserveira

Estão confirmados 12 casos de contaminação da doença COVID 19 em pessoas ligadas à fábrica de conservas Gencoal, em Caxinas, Vila do Conde. E em causa, segundo a presidente da Câmara, Elisa Ferraz, está também uma criança que frequenta um jardim-de-infância de uma Instituição Particular de Solidariedade Social localizada em Aver-o-Mar, na Póvoa de Varzim. A sala dos três anos foi já encerrada.A Delegação de Saúde que opera nos dois municípios e elementos na Administração Regional da Saúde estão no terreno a verificar a situação na fábrica propriamente dita, mas também na possível corrente de contágio. A Gencoal tem administração italiana, que já  regressou a Vila do Conde para lidar com a situação que terá tido origem num familiar de uma das 170 funcionárias da firma. Esta quinta-feira, o  boletim da Direção Geral da Saúde parece ainda não refletir o registo de casos detetados de COVID 19  na conserveira . Naquele concelho ontem os casos acumulados eram de 299 e hoje não se verifica qualquer alteração. Na Póvoa, o somatório total estava ontem em 166 e hoje o número é de 167. Em Esposende, a mesma fonte também mantém os 50 casos da listagem de quarta-feira. Esta é uma notícia em atualização na Onda Viva.

Jornalista Onda Viva

Anterior

Arlindo Maia de saída da Santa Casa da Misericórdia

Próximo

Jovem de 19 anos apanhado com arma e 37 munições

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *