Filho que matou a mãe condenado a 19 anos de prisão

O filho que matou a mãe com sete facadas na Póvoa de Varzim foi condenado a 19 anos de prisão. O arguido não prestou declarações durante o julgamento e estava em prisão preventiva. Paulo Jorge Nunes, de 45 anos, matou Emília Simões, de 78 anos, em junho do ano passado, com sete facadas na cabeça e no pescoço no sofá da casa onde viviam no Bairro Alberto Sampaio. O tribunal de Matosinhos condenou-o a 19 anos de prisão por homicídio qualificado, mas absolveu-o dos crimes de violência doméstica e de ameaça agravada, segundo o CM. O homicida matou a progenitora por esta embirrar consigo por não querer trabalhar, tendo confessado o crime após entregar-se às autoridades.

Jornalista Onda Viva

Anterior

Amianto retirado das escolas que faltam

Próximo

Investigadores detetaram bactérias patogénicas nas praias

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *