Cancelamento implícito de grandes eventos de multidão na Póvoa

Por causa da pandemia Covid-19, há eventos seriamente comprometidos. Face a uma “conjuntura” que antevê “duradoura”, Aires Pereira, presidente da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim,  prevê que “a realização nos moldes habituais” de eventos como o Póvoa ao Ar Livre, Uns dias no Parque e o S. Pedro “têm a sua realização seriamente comprometida”. E por tal o autarca vai reunir com as associações que fazem os festejos maiores da cidade para estas meterem travão a encargos financeiros. “ Atenta à evolução da situação epidemiológica e às orientações que o Governo e as autoridades de saúde entendam propor ou implementar, a Câmara Municipal adotará, na área do nosso concelho, as medidas suplementares que venham a revelar-se adequadas à defesa da saúde pública. Em função da conjuntura, previsivelmente duradoura, que condicionará o uso do espaço público e o direito de reunião, impõe-se prever que as Festas a S. Pedro, os Dias no Parque, o Festival Internacional de Música e o Póvoa ao Ar Livre (citando apenas os eventos previstos para tempos próximos) têm a sua realização, nos moldes habituais, seriamente comprometida. Pelo que se impõe solicitar às Associações Locais, tradicionais e imprescindíveis parceiras do Município, que estejam atentas às orientações da Câmara Municipal, não assumindo, por enquanto, quaisquer compromissos financeiros ou outros”, afirmou o autarca.

Jornalista Onda Viva

Anterior

Barco está quase a ir ao fundo

Próximo

Ladrões voltaram a atacar no centro da cidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *