Bebia, batia na mulher e foi agora preso

Prisão preventiva por violência doméstica. A GNR, através do Núcleo de Investigação e Apoio a Vítimas Específicas do Porto, deteve ontem (28 de novembro) um homem, com 58 anos, pela prática de crime de violência doméstica, no concelho de Póvoa de Varzim. Em comunicado a GNR afirma que : “na sequência de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito, durante o casamento de 38 anos, dirigiu várias injúrias, agressões físicas reiteradas e ameaças contra a vida da vítima, sua esposa, com 57 anos, que vivia num clima de medo constante. O suspeito, consumidor de bebidas alcoólicas de forma diária, já arguido noutros processos pelo mesmo tipo de crime, não parou com o comportamento violento, pelo que foi dado cumprimento a um mandado de detenção”. O detido, foi presente a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, onde lhe foi aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Jornalista Onda Viva

Anterior

Estágio em Itália prepara uma dezena de jovens

Próximo

Faleceu figura eclesiástica de Vila do Conde

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *