Bairros vão ser ouvidos sobre festejos do São Pedro

A Câmara da Póvoa de Varzim vai reunir na próxima semana com os representantes dos seis bairros da cidade para decidir as formas possíveis de festejar o S. Pedro no final deste mês. Devido aos condicionalismo impostos pela Direção Geral de Saúde para evitar grandes ajuntamentos, os eventos habitualmente promovidos pela autarquia foram cancelados e certos festejos estão mesmo fora de hipótese, mas Aires Pereira admite que até poderá haver uma celebração simples em cada bairro, com a família e os amigos, na noitada de 28 para 29. O edil decidiu ouvir as ideias das associações, mas lembra já a responsabilidade que tem como presidente da Câmara e garante que certas coisas não vão poder realizar-se, sendo aconselhável o regresso às celebrações do antigamente e que isso deverá deixar todos felizes, sublinhou. 
Do lado da oposição PS, o vereador Miguel Fernandes concorda que não possa existir festa nos moldes habituais, pedindo contenção aos poveiros para não deitar tudo a perder nesta luta contra a Covid-19 que até está a correr bem no concelho. Relativamente a esta matéria, o líder do PS Póvoa pediu, através das redes sociais, um São Pedro mais simples e com cautelas, mas que respeite as tradições poveiras. João Trocado defendeu que as ruas tradicionais deviam ser fechadas ao trânsito para que as famílias possam fazer as sardinhadas na rua, ao ar livre, vestindo e exibindo as cores de cada bairro com segurança e boa disposição.

Jornalista Onda Viva

Anterior

Póvoa de Varzim já conta com 35 selos ‘Clean&Safe’

Próximo

DGS revela que número de casos mantém-se inalterável

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *