Autoridades vão fiscalizar cumprimento de medidas do Conselho de Segurança

Chegamos ao fim de semana de São Pedro e, devido à atual pandemia, convém recordar que a Câmara da Póvoa de Varzim não autorizou qualquer festejo de rua. Não será possível realizar, na via pública, festas, reuniões de amigos, jantares-convívio e celebrações semelhantes às dos arraiais. Ou seja, não será permitida a colocação exterior de sistemas de som, mesas, cadeiras e equipamentos de exposição e confeção de alimentos, nomeadamente grelhadores, assadores e fogareiros. A somar a isto não houve a tradicional colocação de tronos ou iluminação nos bairros nem será permitida a venda ambulante.

A autarquia incentiva os poveiros a promoverem uma celebração consciente e criativa, através da ornamentação bairrista e a decoração livre das fachadas das casas. Esta foi a forma encontrada para atenuar a tristeza de festejar o santo popular poveiro de uma forma pouco habitual, mas que se impõe para preservar a saúde de todos. Com a preocupação de garantir que o concelho continua protegido, durante estes dias será reforçada a fiscalização do cumprimento das normas em todo o concelho por parte de várias forças de segurança, sobretudo a PSP, mas que engloba a participação da GNR, Polícia Marítima, Polícia Municipal e Proteção Civil.

Recorde-se que entre as medidas aprovadas por unanimidade pelo Conselho Municipal da Segurança estão o encerramento, sem permanência de clientes no interior, de estabelecimentos de venda de bebidas para o exterior (cafés, pastelarias, padarias, lojas de conveniência, quiosques e outros de atividade similar) a partir das 19h de sábado e domingo. Os restaurantes e esplanadas dos estabelecimentos de restauração e de bebidas terão de fechar a partir das 23h. Ao mesmo tempo não será permitida a realização, na via pública, de concertos, atuações de dj e espetáculos de pirotecnia ou fogo-de-artifício. A quem estiver a pensar andar na rua, é sugerido o reforço individual das medidas de contenção e higiene, designadamente através do uso preferencial de máscara na via pública, do cumprimento da etiqueta respiratória e do distanciamento físico.

Refira-se que os seis bairros da cidade concordaram com as medidas e estão apenas celebrar a data de forma digital nas redes sociais. Para os mais jovens, no sentido de evitar potenciais aglomerações e, consequentemente, um maior risco de propagação da doença, foi determinado impedir o acesso e a permanência nas praias de todo o concelho nas noites e madrugadas de sábado e domingo (das 20h às 8h).

Jornalista Onda Viva

Anterior

Póvoa e V.Conde sem novos casos, mas edil de Esposende avança com dois

Próximo

Cooperativa da Póvoa de Varzim segue com José Campos na liderança

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *