Assegurada continuidade da Universidade Sénior

A Universidade Sénior da Póvoa de Varzim vai continuar a atividade após o presidente da Câmara ter garantido que o município irá “suportar qualquer saldo negativo, com um contrato programa”a estabelecer entre as partes. É isto que está num comunicado publicado na página do facebook da instituição gerida pelo Rotary Club, cuja direção reuniu-se com Aires Pereira num encontro em que participou também o coordenador da Universidade Sénior. O momento serviu para transmitir que estava em causa a continuidade do projeto face ao “decréscimo abrupto de alunos inscritos para o próximo ano letivo” ou por “um eventual novo encerramento no 1.º período em resultado do agravamento da pandemia” de COVID 19. Em cima da mesa estiveram “vários planos possíveis para uma solução construtiva” e o comunicado refere que o presidente da Câmara acabou por “ser coerente com o que sempre tem dito de bem e do bom sobre a Universidade Sénior”, assumindo o compromisso municipal para que seja dada continuidade aos “13 anos da universidade ao serviço da população sénior do concelho e não só”. Aires Pereira disse aos dirigentes que podiam “dormir descansados” sobre esta matéria e no comunicado já se afirma que “a Sénior” tem futuro.  No próximo dia 8, no cine-teatro Garrett, haverá então uma reunião geral de alunos; o dia 9 será o primeiro de aulas  e no dia 10, às 15h, ocorrerá a abertura solene com a presença de Alexandra Lopes, professora na Universidade do Porto e que irá abordar o tema “COVID 19 e idadismo”.   

Jornalista Onda Viva

Anterior

Novos dados sobre comunidade piscatória

Próximo

Peregrinos já podem pernoitar no Albergue de Rates

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *