Prisão preventiva para agressor que estava em liberdade condicional

Um homem de 49 anos ficou em prisão preventiva depois de uma ação da PSP que o deteve na quarta-feira, 26 de dezembro de 2018, em Vila do Conde.

Elementos do efetivo da Divisão de Investigação Criminal realizaram uma operação policial com o propósito de o intercetar por ser suspeito da prática de três crimes de ofensas à integridade física qualificada, perpetrados nas áreas das cidades de Vila do Conde e Póvoa de Varzim, entre os passados dias 13 e 20 de Dezembro. 

Munidos de um mandado de detenção, os agentes da autoridade detiveram o sujeito, sem ocupação profissional conhecida e sem residência fixa em território nacional. Uma das vítimas, uma mulher de 59 anos, teve de receber tratamento hospitalar devido à gravidade das agressões sofridas. O suspeito encontrava-se em liberdade condicional desde o passado dia 12 de dezembro. O tribunal não teve dúvidas em enviá-lo de regresso à cadeia.

Josiane Alves

Anterior

Ex-trabalhadores de têxtil querem 3 milhões na posse de banco

Próximo

Capa da Edição nº76 de 28 de Fevereiro de 2018

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *