Derrocadas no interior da Igreja Matriz

O prior de Vila do Conde está cada vez mais preocupado com o estado da Igreja Matriz.

Isto porque parte do retábulo de talha do altar de Santo António da de Vila do Conde caiu pouco antes da missa das 10 horas do passado domingo e outra parte voltou a cair momentos antes da eucaristia das 12 horas. Paulo César Dias vem reclamando há muito tempo por obras de conservação e restauro no templo religioso, mas até agora nada foi feito.

O espaço foi vedado e este é mais um prejuízo que se acumula para a paróquia. Segundo o sacerdote, outros locais da Igreja Matriz vilacondense encontram-se bastante degradados e novas situações podem acontecer. Isto apesar de ali bem perto estarem a ser gastos milhares de euros nas festas natalícias. Ao que conta o Jornal de Notícias, a presidente da Câmara, Elisa Ferraz justificou

não ter recebido qualquer documento a dar conta das preocupações ao sacerdote 

e informou a Direção-geral do Tesouro e Finanças que tutela a Igreja dado se tratar de um monumento nacional. 

Técnicos das Finanças e da Direção de Cultura do Norte já foram ao lugar para equacionar uma intervenção. A Igreja Matriz tem 13 retábulos. 

Josiane Alves

Anterior

Elisa Ferraz fez proposta ao Governo para o Tribunal

Próximo

Começaram as obras nas Escolas Flávio Gonçalves e de Aver-o-Mar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *